Teatros para o Dia das Mães

Teatros.. Dia das mães

A MAMÃE ESQUECIDA

Versão para impressão

A MAMÃE ESQUECIDA Pequena esquete pra homenagear as mães.
É uma brincadeira com a indiferença dos filhos, contrastada com a ansiedade da mãe.

A mãe não perde a esperança de receber um carinho, um agrado, o reconhecimento dos filhos, estes se aproveitam do bom coração da mãe...

(A mãe fica no palco, os personagens entram e saem do palco, no final todos voltam)
MÃE – Oba! Hoje é o dia das mães! Vou ganhar 8 presentes, Pois tenho 8 filhos. Ai vem o 1º.
JOGADOR DE FUTEBOL – Oi mãe?
MÃE – Oi filho. O que é que você vai me dar hoje?
JOGADOR DE FUTEBOL – Te dar? Ah é! Toma ai! (Entrega a camisa suja pra ela lavar) O jogo foi no barro, foi mau... Tchau.
MÃE – Ele esqueceu do dia das mães. Será possível? Ai vem mais um. Oi filho?
PATRICINHA – Oi mãe.
MÃE – Tem alguma coisa pra me dizer filha?
PATRICINHA – Tenho, me dá 5 reais?
MÃE – Eu não tenho.
PATRICINHA – Tem sim.
MÃE – Não tenho.
PATRICINHA – Tem sim. Me dá se não eu choro.
MÃE – Não.
PATRICINHA – (chora)
MÃE – Ta bom.
PATRICINHA – Brigado. Tchau.
MÃE – Mais uma que esqueceu do dia das mães.
FERNANDA – Mamãe o Oscar me bateu.
OSCAR – Mentira mamãe. Foi a Fernanda quem me Bateu.
FERNANDA – Ele me chamou de burra.
OSCAR – E ela me chamou de asno.
FERNANDA – Mentira dele.
OSCAR – Por falar nisso o que é asno?
FERNANDA – Asno é você!
OSCAR – Não sou não, sua taturana depenada que chupa o dedão do pé!
FERNANDA – Vou te mostrar quem é taturana!
OSCAR – Então vem!
MÃE – Já chega! Os dois estão de castigo. Já pro quarto!
(toca UM SONZÃO DE ROCK)
ROQUEIRO – E ai coroa?
MÃE – Olha o respeito!
ROQUEIRO – Fica fria mãe. O quê que você fez de almoço hoje?
MÃE – Hoje eu fiz uma comida muito gostosa. Por que hoje é um dia muito especial não é?
ROQUEIRO – Sei lá, coroa. Vô ali curtir um som e já volto. Falou.
MÃE – Ninguém se lembrou do meu dia...
AS GÊMEAS – Oi mamãe?
MÃE – Oi minhas filhinhas.
GEMEA 1 – Agente queria te dizer uma coisa.
GEMEA 2 – Nós não esquecemos.
MÃE – Até que enfim que alguém se lembrou.
GEMEA 1 – Você nos deve...
GEMEA 2 – 20 Reais. Dez pra mim e dez pra Érika.
MÃE – Ta aqui!
AS DUAS – Tchau!
MÃE – Ninguém lembrou que hoje é o dia das mães. 8 filhos e todos se esqueceram.
PATRICINHA – Mamãe nós só estávamos brincando. (ENTRA COM OS OUTROS FILHOS) Você nunca será esquecida por nós.
(A PARTIR DESSA FALA TODOS OS FILHOS FALAM OLHANDO PARA A SUA MAE NO PUBLICO)
GEMEA 2 – Mamãe eu nunca vou deixar de amar você.
GEMEA 1– Obrigada pelo seu amor mamãe, um beijo.
FERNANDA – Mamãe, sou grata a você por ter me dado o presente mais valioso, a vida.
OSCAR – Mamãe, você é muito especial para mim. Te amo.
PATRICINHA – Mamãe, que Deus te dê muita saúde. Obrigado pelo seu amor.
AS GÊMEAS – Mamãe, o nosso amor por você não tem fim. Um beijo duplo pra você.
ROQUEIRO – O seu carinho será lembrado para sempre em nossos corações.
TODOS – Viva o dia das Mães!
(Podem inventar mais personagens de filhos, com outras características)
fonte. http://teatrocristao.net/texto/a_mamae_esquecida



TEATRO  DAS MÃES

TEATRO DAS MÃES
CENA I
LOCUTOR: apresentamos uma família qualquer, com mãe, pai, filhos, tia e avó. Todos morando em uma casa simples. A família com seus mais diversos membros deve ser uma semente plantada com atenção, confiança, oração, paz, gratuidade, doação, perdão, união,carinho e regada todos os dias com muito amor.

Infelizmente, nem sempre este amor existe, ou se existe, passa por momentos difíceis. Muita coisa pode interferir nesse projeto de amor que é a família, criada por Deus. Ás vezes, a gente nem presta atenção e a família começa a se desintegrar.

As pessoas vão se afastando cada vez mais umas das outras e de Deus, e vai surgindo a falta de fé, o ciúme, o cansaço, a desatenção, o desrespeito, infidelidade, consumismo, desonestidade, conflitos, desamor , a desunião, a televisão é o diálogo, os vícios, como drogas e álcool, surge a depressão, os sonhos vão se desfazendo com a falta de tempo e de diálogo. Tudo o que destrói um lar, destrói também a fé no coração dos filhos.

ONDE FOI QUE FALHAMOS?
CENA II
FILHO 1: Ô mãe! Onde está o meu sapato? Onde está o meu sapato? Onde está o meu sapato?

MÃE: está embaixo da cama .

VÓ: No meu tempo não era assim! A gente respeitava e pedia por favor aos mais velhos!

FILHO 2 :Mãnhêêêê! Tô com fome!

MÃE: você acabou de devorar um pacote de biscoitos, espere o almoço!

FILHO 3: Mãe, me ajuda aqui a prender os meus cabelos!

MÃE: Você precisa cuidar melhor desses cabelos.

FILHO 3: Como? Com esse shampoo vagabundo que a senhora compra?

MÃE: É o que a gente pode comprar. Você e seus irmãos só pensam em gastar, gastar e gastar!

FILHO 3: gastar? Gastar se a senhora comprasse aquele par de tênis que eu tô paquerando e aquele chinelo lindo da propaganda do Mateo, que é mais lindo ainda. Pô coroa, deixa de contar piadas que essa já é velha.

MÃE:bom, deixa isso pra lá. Como é que vão os estudos?

FILHO 3: vão indo....

MÃE: Filha, por favor, não fique para recuperação. Ano passado você ficou em 5 matérias. Se repetir a dose teu pai, tua tia e eu somos capazes de cometer uma loucura.

FILHO 3: Pode deixar mãe, tá tudo sob controle. Fique fria, tá?

VÓ: No meu tempo não era assim!

FILHO 4: Mãe, eu tô na esquina papeando com meus amigos, vendo as gatinhas, paquerando e aí...

MÃE: Aí, que você devia tomar vergonha nessa carinha de paquerador barato e me ouvir mais. Esta semana eu estive lá na tua escola e não gostei nada do que eu ouvi.

FILHO 4: Que nada, velha! Aquela professora não vai com a minha cara, até parece uma jararaca que vive me perseguindo!

MÃE: Olha, vejam só o santinho!

FILHO 4: Tô saindo! Fui!

PAI: Essa amizade com a turminha da rua.

FILHO 4: A turma é legal, pai! Só tem gente fina!

PAI: Não sei não. Se eu desconfiar de alguma coisa, já sabe, né?

FILHO 4: Não tem nada de mais. A patota só quer curtir a vida.

MÃE: Nessa idade é assim mesmo. Depois passa.

PAI: só não chegue tarde, filho. Você já conhece a sua mãe, ela não dorme enquanto tu não entra.

MÃE: Vou ficar te esperando, com minhas orações.
CENA III

SALA, SOFÁ E TELEVISÃO....CASAL SEPARADO. CADA QUAL SENTADO EM UMA EXTREMIDADE DO SOFÁ SEM SE FALAREM.

MÃE: Agora que os pequenos foram deitar e que Juquinha saiu, será que a gente pode conversar feito gente civilizada?

PAI:Talvez! Me deixa assistir televisão que depois a gente se fala.

MÃE: Mas, a teve é mais importante que eu?

PAI: Ás vezes!

MÃE: Eu sei , tudo bem só não precisa me jogar isso na cara.

PAI: Você tem razão. Talves, eu devesse conversar mais contigo, contar meus problemas.

MÃE: Teus não! Nossos problemas!

PAI: Pois é! Tem horas que eu acho que esses problemas são só meus, afinal, você também trabalha na firma o dia inteiro e se cansa em dobro dando conta de toda a casa, dos filhos e de mim. É por isso que eu penso que você tem que ficar de fora.

MÃE: Como é que eu posso ficar de fora? quando a gente era noivo...lembra?

PAI:Faz tanto tempo!

MÃE: Quando a gente era noivo, pensavamos em partilhar nossas vidas, sonhos, tristezas e alegrias.

PAI: como o padre falou: na alegria, na tristeza, na saúde e na doença!

MÃE: e então? O que aconteceu?

PAI: O tempo passou. Os filhos chegaram. Tua mãe veio morar aqui em casa.

MÃE: Tua irmã também veio e eu não reclamo. Só reclamo o tempo que tu passas longe de nós. Prefere encontrar teus amigos no bar ou ficar assistindo televisão do que conversas comigo!

PAI: O ciúme que tu tens da teve é doentio.

MÃE: Não é isso, é que eu me sinto muito sozinha.

PAI: eu ando solitário também.

MÃE: Onde será que anda aquele amor? Aquela paixão? Para onde será que está indo a nossa família?

PAI: Sei lá! O tempo se encarregou de esfriar tudo!

MÃE: Acho que nós também deixamos esfriar. Eu sinto falta de muita coisa.

PAI: Mas, nós trabalhamos como dois condenados para não deixar faltar nada aqui em casa...

MÃE: não, não é disso que eu estou falando. Eu falo de carinho, afeto, atenção, diálogo, perdão...A gente tem muitas coisas materiais aqui em casa. Dinheiro não falta. Mas se a gente não alimentar nosso amor a cada dia.

PAI: como assim? Pare de conversa fiada, mulher!

MÃE: Mas não é! Veja bem: tá vendo essa plantinha?

PAI: O que é que tem a planta?

MÃE: Se a gente deixar de regar , de colocar terra ou de adubar? O que é que acontece?

PAI: Ela morre.

MÃE: sim, ela morre aos poucos. Assim é com a família, devemos AMAR as nossas famílias, que são nossas vidas todos os dias e muito amor, carinho, perdão, diálogo.

PAI: Chame as crianças agora mesmo.

MÃE: Nós como famílias devemos:

TODOS: Regar nossas vidas com amor!

MÃE: Em nossas casas, devemos

MÃE: Aqui, dentro deste salão, devemos:

MÃE: Na rua e nos bairro onde moramos, devemos:

MÃE: No trabalho, na escola, devemos:

MÃE: Na comunidade, na Igreja e nos encontros de Catequese, devemos:

MÃE: No sindicato, na política, nas associações, devemos:

MÃE: Em todo o tempo e lugar, devemos:

MÃE:Nos momentos fáceis e difíceis, devemos:

MÃE: Em qualquer ocasião, devemos:

MÃE: Com força e vontade nos corações, devemos:

MÃE: Agora e até na hora de nossa morte, devemos:
PASTORES E PADRES ABENÇOAM TODAS AS FAMÍLIAS PRESENTES E NOSSAS QUERIDAS MÃES.

CANTO: ORAÇÃO DA FAMÍLIA.
MENSAGEM ÀS MÃES.
SCRIPT ELABORADO POR SOLANGE BATTIROLA , TENDO COMO FONTE O LIVRO DE TEATRO DA AUTORA OLGA REVERBEL.

FONTE.http://m.meuartigo.brasilescola.uol.com.br/literatura/teatro-homenagem-para-dia-das-maes.htm






A Mãe Mais Linda do Mundo
Autor: Desconhecido
Adaptado por: Elcimar Fernandes

Personagens
  • Guarda: Um adulto vestindo um uniforme que o identifique como guarda municipal ou policial.
  • Criança perdida: Uma criança ou um adulto vestido de criança.
  • Modelos: Moças jovens, vestidas com roupas de festa, usando acessórios que passem a ideia de modernidade, riqueza e poder (bolsas, joias, óculos de sol, celular, tablete e etc).
  • Mãe verdadeira: Mulher de meia idade, vestida de roupas bregas e acessórios engraçados (óculos colorido, meia colorida e etc.).

CENA 1
O guarda se aproxima da criança que está assentada em um banco de praça, chorando por estar perdida.

Guarda – Olá criança! Qual seu nome? Por que você está chorando?
Criança perdida – Meu nome é Lilica e estou estou chorando porque eu perdi minha mamãe. Ela sumiu.
Guarda – Entendi, mas não precisa mais chorar pois te ajudarei a encontrar sua mãe.
Criança perdida – Sério Sr. Guarda, você pode mesmo me ajudar a encontrá-la?
Guarda – Claro Lilica, basta você me dizer como é sua mãe, que eu te ajudarei.
Criança perdida – Ah sim! Minha mãe é a mamãe mais linda do mundo.
Guarda – Vejo que esta não será uma missão fácil, mas vamos lá, acharemos essa mamãe mais linda do mundo.

CENA 2
O guarda caminha com a criança pelo palco e lhe apresenta as supostas mães/modelos que vão entrando em cena uma a uma. O guarda faz questão de ressaltar algum atributo ou característica das modelos, mas todas as vezes a resposta da criança é a mesma:

Criança perdida – Essa não é a minha mãe. Eu já disse que a minha mamãe é a mais linda do mundo.

CENA 3
Cansado de procurar a mãe perdida, o guarda se assenta com a criança no banco. De repente se aproxima a mãe que havia desaparecido. Quando mãe e filha cruzam o olhar, elas correm e se abraçam.

Menina perdida – Sr. Guarda, encontrei a minha mamãe! Veja com seu próprios olhos o que eu lhe disse: Ela é a mamãe mais linda do mundo.

O guarda vai até o centro do palco enquanto mãe e filha permanecem abraçadas.

Guarda – É inquestionável, nossa mãe é para nós a mais linda do mundo. Exatamente por isso merece nosso respeito, carinho e admiração. E nesse dia especial nós homenageamos todas as mamães mais lindas do mundo. Parabéns mamãe pelo seu dia.


Mães Multifuncionais
Autora: Carla Soares Valadares
Adaptado por: Elcimar Fernandes|


Personagens: Esposo, Mãe (Esposa e Mãe), Mãe Administradora, Mãe Office-Girl, Mãe Lava e Passa, Mãe que é Mãe, Mãe Beleza, Mãe Psicóloga, Mãe Serva de Deus.

Participação especial: Crianças e uma adolescente.

Cena 1: A mãe esposa esta preparando a mesa de café da manhã e começa a dizer com a mão na cintura e o pano dependurado no ombro.

Mãe esposa e Mãe: Ah todo o dia a mesma coisa sabe, eu preparo o café da manhã, eles comem e saem, daí eu começo minhas tarefas do dia e quando todos chegam em casa aí o trabalho é dobrado. Mas ainda assim eu amo fazer o que faço, cuidar da minha família que é um presente de Deus pra mim. (Ela olha no relógio e assusta gritando) – Ah Meu Deus! Meu bem, vem tomar o seu café, você já esta atrasado.

Cena 2: Entra o esposo vestindo um terno, segurando uma maleta e na outra mão uma pasta cheia de papéis. Ele apanha uma rosquinha da mesa, da um beijo na esposa e diz:

Esposo: Meu bem, estou super atrasado, não tenho tempo nem de tomar café hoje, vou ter que sair daqui voando.

Mãe esposa e Mãe: Mas meu bem, que pressa é essa? Toma pelo menos um café e coma um pão. Eu preparei com tanto carinho pra você!

Esposo: Há meu bem, por isso que eu sempre agradeço a Deus por ter me dado você, uma esposa e mãe maravilhosa!

Cena 3: A filha adolescente grita: - Mãe cadê minha blusa de frio azul?

Mãe esposa e mãe: Está na 3ª gaveta à esquerda do seu guarda-roupa, querida.

Esposo: Esta vendo meu bem? Você é o máximo. Meu amor, estou com essas contas aqui para pagar. Bem que você hoje, poderia levar as crianças para escola, porque eu estou tão atrasado. Depois você passar no salão e faz aquelas luzes que eu to pedindo pra você fazer a um tempão. Daí você aproveita, passa no banco e paga essas contas aqui pra mim. E sabe aquela camisa branca? Então, queria tanto usá-la hoje. É porque vou pregar e quero muito usar aquela camisa. Você lava e passa ela pra mim?!

Mãe esposa Mãe: Claro querido (Faz uma cara de tipo, fazer o que né? Coçando a cabeça).

Esposo: Viu só meu bem? É por isso que eu te amo a cada dia mais. Beijo e até mais tarde. Não se esquece das contas e nem da camisa, hein!

Cena 4: O esposo sai de casa, a mãe esposa e mãe senta na cadeira põe a mão no rosto e diz:

Mãe esposa mãe: Ai! Quem me dera ter alguém para fazer tudo isso pra mim. São tantas tarefas e obrigações que 24h é pouco para fazer. E ainda tenho que estar bonita! As vezes eu me sinto uma inútil aqui em casa. Queria tanto ter alguém para administrar a minha vida!

Cena 5: Entra a mãe administradora pelo corredor toda imponente dizendo:

Mãe administradora: Até que enfim você me chamou né, pensei que nunca acordaria? Eu estou aqui para te ajudar.

Mãe esposa mãe: Mas quem é você?

Mãe administradora: Eu sou você querida! Preste atenção, você pediu a Deus uma pessoa que pudesse administrar a sua vida e ele me enviou. Fica caladinha para você ficar bonitinha e veja como eu faço. Sou brilhante! Hum!!!!! Tarefas do dia, claro, como sempre o marido deixou as contas neh! Hum me deixa ver, ah tá bom, então vamos resolver assim: Mãe Office-girl, mãe Office-girl, por favor, eu preciso de você.

Cena 6: Entra a mãe Office-Girl com capacete na cabeça, jaqueta de couro, toda boy dizendo:

Mãe Office-girl: E ai administradora você me chamou? É mais um daqueles casos onde o esposo apressado deixa as contas para a mulher pagar imaginando que ela dispõe de todo tempo do mundo?

Mãe administradora: Isso mesmo Office-girl. Graças a Deus temos você né? Então, pega logo essas contas e corre já pro banco porque eu sei que você adora aquelas filas imensas. Não é mesmo?!

Mãe Office-girl: Ai! E como eu adoro fila. Falou que tem fila conta comigo. Imagina que delícia, ficar horas nas filas. É fila pra pagar conta, fila do caixa do supermercado, fila na padaria para comprar o pão, fila no açougue. Fila e mais fila, é comigo mesmo! Se precisar pagar uma conta me chama que eu vou hein. Tchau!! Fui pagar as contas!

Sai de cena.

Mãe administradora: Ai Office-girl, será que realmente gostamos de enfrentar aquelas filas enormes? Eu to fora. Mas vamos ver na lista, o que tem mais. Hum! Claro! Lavar e passar a camisa do nosso maridão. Não podia faltar né?

Mãe esposa mãe: Ei, espera aí minha filha. Nosso naum, meu marido!

Mãe administradora: Dãaa!! Se eu sou você, é óbvio que é nosso. Neh? Mas eu já tenho a solução para o seu problema com a camisa e com as roupas em geral. Mãe lava e passaaaaaaaaaaa!!!

Cena 7: Entra a mãe lava e passa com um avental, portando um ferro em uma das mãos e uma escova de lavar roupa na outra, dizendo:

Mãe lava e passa: Se sua roupa está suja é só me chamar, se está amarrotada me chama pra passar. Sou a mãe lava e passa e não gosto de engomar, alvejante e amaciante eu gosto muito de usar.

Mãe administradora: Isso ai mãe lava e passa, vai lá dentro e pega a camisa e todas as roupas que estão sujas, lave e passe, por favor.

Mãe lava e passa: Pode deixar chefia, sou uma lavadeira e passadeira de mão cheia. Para que empregada, se a família tem a mim?

Sai de cena.

Mãe Administradora: Aqui menina! Só mãe pra gostar de um sabão e de um ferro de passar. Néh? Meu Deus do céu! Mas, enfim, vamos ao que interessa. Claro que a tarefa de rainha do lar não poderia faltar, né? Ahhum, levar as crianças para escola. Então vamos lá. Mãeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee!!!

Mãe esposa mãe: Mãeeeeeeeeeeeeeee, como assim? O que é isso? Você pode me explicar quem é essa ai com meus filhos?

Cena 8: Entra a Mãeeeeeeeee com uma penca de filhos atrás dela e uma adolescente mascando chicletes de cara emburrada, dizendo:

Mãeeee: Minha querida, como assim quem sou eu? Sou a mãe dos seus filhos, ou seja, eu sou você exercendo a sua tarefa mais sublime e excelente a de ser mãe. Olha que meninos lindos eu tenho. É verdade que eles dão muito trabalho, mas vale a pena pela alegria de ser mãe. Olha que guti-guti os filhinhos da mamãe! Vamos logo meus filhos, vamos para a escola.

Sai de cena.

Mãe esposa Mãe: Mas será que ela dará conta de cuidar dos meus filhos?

Mãe administradora: Lembre-se que ela é você. Se você dá conta, é claro que ela também dará. Menina, estava aqui conferindo a quantidade de filhos que nós temos! Ui! Nós somos animadas hein? Finalmente veremos como ficamos depois do salão de beleza e das luzes. Que entre a mãe beleza.

Cena 9: Entra a mãe beleza toda emperiquitada, como se estivesse desfilando na passarela. Olha para a mãe esposa e diz:

Mãe beleza: Ufa! Finalmente eu tirei aquele avental e fui ao salão. Estou tão animada, nosso marido vai amar as luzes que fizemos. Tenho certeza que logo que ele vir o quanto fiquei bonita, me leva para jantar fora.

Mãe esposa mãe: Como assim te levar pra jantar? Eu nunca deixarei meu marido sair com você, nunca mesmo. Onde já se viu? Isso é um absurdo!

Mãe Beleza: Mas ué, eu sou você. Lembra? Então ele sairá com você. Não estou entendendo o motivo de tanta braveza assim?!

Mãe administradora: Esquenta não mãe beleza. A ficha dela ainda não caiu de que somos a mesma pessoa. Ah! Já sei o que vou fazer. Você já pode ir beleza, darei um jeito de fazê-la enxergar o que esta acontecendo. Por favor, mãe psicóloga eu estou precisando da sua ajuda agora.

Cena 10: Mãe beleza sai de cena e entra a mãe psicóloga dizendo:

Mãe psicóloga: Finalmente me chamaram, não é mesmo? Vejo que precisam muito de mim aqui neste lar. Tenho exercido minha função da maneira mais excelente aqui, ouço sempre nossos filhos e nosso esposo, mas hoje é você quem esta precisando ser ouvida. Tantos conselhos temos dirigido ao esposo quando chega estressado do trabalho e descarrega tudo em cima de nós. Sem contar os filhos que sempre necessitam de uma orientação. Temos sido uma verdadeira psicóloga ouvindo e aconselhando.

Mãe administradora: Bom vejo que nossa tarefa acabou por aqui. Vamos psicóloga, acho que agora ela entendeu o recado.

Mãe esposa mãe: Acho que entendi. Então, eu sou tudo isso? Aliás, eu faço tudo isso? Meu Deus! Como eu consigo fazer tudo isso, eu não entendo?

Cena 11: Entra a mãe serva de Deus dizendo:

Mãe Serva de Deus: Espere aí administradora, você se esqueceu de mim. Eu não acredito? E você minha querida, como assim não entende como consegue fazer tudo isso?

Mãe administradora e Mãe esposa Mãe: Quem é você?

Mãe Serva de Deus: Eu sou a mãe serva de DEUS, e você só consegue dar conta do recado graças a Deus e as constantes orações que temos feito pela nossa família. Você se esqueceu do que a Bíblia diz: - A mulher sabia edifica a sua casa, mas a insensata a destrói com suas próprias mãos. A sabedoria que possuímos vem de Deus, do nosso Pai todo Poderoso. É assim que conseguimos administrar, pagar contas, enfrentar filas, lavar, passar, educar, ficar bonita e ainda ouvir nossa família. É com a ajuda do Espirito Santo. Sem Ele nada disso seria possível com tanta eficiência. E o melhor de tudo é fazemos tudo isso com satisfação e alegria.

Entram todos e juntos dizem Parabéns a todas as Mães que além de Mães multifuncionais são servas de Deus!
Fonte http://www.cbn.org.br/sedelim/treinamentos/94-teatro-para-o-dia-das-maes


Jograis - Dia das Mães

Jograu - DIA DAS MÃES






1 – Guardando as coisas boas no coração
Execução: Organiza-se o grupo e destaca-se 3 leitores

Leitor 1: Para um filho, as coisas que a mãe fala são sempre muito importantes.
Leitor 2 : Muitas coisas ficam gravadas na mente
Leitor 3: e a pessoa se lembra delas até ficar adulto.
Todos os 3 : Guardando as coisas boas no coração
Leitor 1 : As mães (e os pais também) ensinam coisas importantes para a vida toda
Leitor 2 : Tente lembrar agora algumas coisas boas que sua mãe ensinou ou palavras que lhe deixaram feliz.
Leitor 3 : A Bíblia nos ensina a sempre prestar atenção nas orientações de nossos pais e também a obedecer-lhes.
Todos os 3: VOCÊ TEM FEITO ISTO?
O grupo inteiro: “Não abandones a instrução de tua mãe” (Provérbios 5.20)

2 – … de minha mãe
Execução: 4 leitores

Todos: A voz de minha mãe
Leitor 1:
A voz de minha mãe foi a primeira
Que me soou, envolta em terno amor.
Em seu meigo sorriso, do paraíso Eu divisei beleza e esplendor.
A censurar-me, nessa voz havia Aquele tom que acaricia. Por isso, neste dia, em seu louvor Levanto a voz a honrá-la com amor.
Todos: As mãos de minha mãe
Leitor 2:
As mãos de minha mãe lideram, e tanto em meu favor. já antes de eu nascer, Andaram num afã de labor. Nos anos maus, quão dedicadas Trabalharam por mim! E ao vê-las hoje calejadas, Mais belas acho, assim. E porque tanto me serviu na infância e juventude, olhando ao meu porvir,
Amá-la eu, e em varonil constância, Enquanto viva for, hei de a servir!
Todos: As lágrimas de minha mãe
Leitor 3:
As lágrimas de minha mãe Seu travesseiro umedeciam Quando eu nem mesmo o suspeitava.
Meus modos e expressões egoístas,tão descorteses, sem amor, Ai, como tudo a magoava, Como eu, sem ver, causava dor! Quando cresci, fui mais capaz, Muito lhe devo a direção
Mas ao louvá-la neste dia, Graças a Deus dou, com alegria.
Todos: A vida de minha mãe
Leitor 4:
A vida de minha mãe Foi uma Bíblia para mim. Tudo que ela me ensinou, sua vida o demonstrou Como eu pagaria enfim, Minha dívida de amor, senão seguindo seus passos Até unir-nos nos braços De Cristo nosso Senhor? A Ele glória e louvor!

3 – Dia das Mães
Execução: 10 Leitores

Todos: Salve o dia das mães.
1 – E Deus criou a mulher como uma companheira para o homem.
2 – E então disse Deus:
3 – Eu te abençoarei e estarei contigo nos teus dias de amargura.
4– Tu serás a mãe de todos os seres humanos da terra.
5 – E hás de transmitir ao mundo o amor que eu te dei.
6 – E esta mãe cumpriu sua missão.
7 – Irradiou amor em cada gesto, em cada passo, em cada atitude.
8 – O mundo se abriu para recebê-la, como uma pétala a transbordar perfume.
9 – Desde então o mundo foi contagiado por uma onda de ternura que destrói o ódio, a maldade, e a amargura.
10 – Nosso Senhor Jesus Cristo também teve o carinho de uma mãe terrena.
Todos: Também Deus nos presenteou com nossas mães.
1,2  – Mãe, no lar és tu quem determinas, ordenas e, sobretudo, dás exemplo de dedicação.
3,4 – Mãe, É tua mão delicada que está a finalizar cuidadosamente nossas vestimentas.
5,6 – Mãe, Teu olfato apurado é quem nos delicia com pratos saborosos quando voltamos fatigados.
7,8 – Mãe, Teus olhos límpidos vêem no fundo de nossa alma e tristeza que nos perturba e então tua fala nos dá alívio e segurança.
9,10 – Mãe, É teu coração que chora quando sofremos e ri quando estamos felizes.
Todos: Por tudo isto, e muito mais, nós amamos nossas mães.
1 – Mãe é o emblema do amor e da virtude.
2 – As mães que vivem ainda, para a alegria e encontro de seus lares, prestam a homenagem de nossa admiração.
3 – À memória das mães que já terminaram sua missão na terra.
4 – O tributo de nossa saudade;
5 – e sobre os seus túmulos à luz de um sol de Maio, deixamos cair as flores simbólicas de nossa gratidão.
6 – E lembramos o nome de Ana Jarvis, que foi, depois de ver morrer sua progenitora querida, aquela que sugeriu a um grupo de amigas no Estados Unidos, a feliz idéia de dedicar um dia no ano às mães.
7 – A mãe no lar, não somente cria o ente, que é a vida de sua vida;
8 – A mãe cria e educa.
9 – É mãe.
10 – É educadora.
Todos: – Educa seus filhinhos para serem felizes e levarem o bem estar a outrem;
1 – E serem úteis a si mesmo e à Pátria.
2 – E, educando vê o presente e o futuro de seu ente querido.
3 – A criança moderna é criada em lares decentes, cultos, confortáveis, mas muitas vezes sem religião.
4 – E a Igreja sozinha sem a cooperação dos lares, não poderá fazê-la.
5 – Esses ensinos não podem ser transmitidos a uma criança se a sua mãe não os conhece e pratica.
6 – Sem cristianismo.
7 – Sem a educação cristã.
8 – Sem os princípios de Cristo, incultados na infância, nós estaremos simplesmente criando pagãos.
Todos – O mundo de hoje precisa de mulheres, e de homens também, que criem sem filhos no temor da Palavra de Deus!
9 – Um lar sem Cristo é
10 – um lugar sem direção
1 – um lugar sem vida
3 – um lugar sem os belos ideais de Deus
5 – um lugar sem a paz que o mundo não pode dar
7 – o altar da Igreja precisa ser fortalecido pelo altar da família e do lar
9 – o pai e a mãe são os sacerdotes desse santuário inviolável.
2 – Precisamos ainda de lares cristãos.
4 – Precisamos ainda de lares cheios de luz celeste.
6 – Precisamos de lares de santidade evangélica.
Todos: Precisamos de lares que adorem Jesus Cristo todos os dias.
1 – Que vista amável nos oferece o quadro de um lar cristão.
2 – Onde Jesus é o mestre querido, embora invisível mas sempre presente.
3 – Num lar cristão vemos o pai sempre de bom humor, dirigindo à mesa da refeição a oração.
4 – Num lar cristão vemos a esposa e mãe irradiando simpatia e ternura.
5 – Num lar cristão vemos as crianças com gestos de delicadeza…
Todos: Um lar cristão é um céu em miniatura.
6 – A mãe cumpre assim a sua missão de imprimir nos seus filhos os impulsos de uma grande e bela personalidade.
7 – O futuro de um filho é sempre obra de sua mãe.
8 – Mães aqui presentes! Mães brasileiras.
9 – Reacendei em vossos filhos e chama da fé na beleza da vida cristã.
10 – na formosura do amor puro, no perfume da alegria santa, na santidade da família.
Todos – Buscai para os vossos entes queridos, nas veredas da vida, uma consciência em plena paz. Aos reclames do mal, da vaidade, da soberba, neste mundo de hoje ninguém pode resistir senão aqueles que são limpos de coração, que andam em sinceridade, bem-aventurados na glória de Deus! Feliz Dia das Mães!

4 – As mães são flores
Execução: 4 leitores.

1  – As mães são flores maravilhosas,
2  – São lírios lindos e belas rosas,
3  – São dálias, cravos, açucenas,
4  – Jasmins, violetas amenas.
1  – Flores belas, simples ou perfumadas,
TODOS – As mães são flores sagradas!
2  – Merecem nosso carinho, a nossa admiração,
3  – O nosso amor mais sincero, a nossa dedicação.
4  – Por tudo o que elas sofrem,
1  – E pelo amor que elas têm,
2  – Bem merecem no seu dia
TODOS – Mil beijos e parabéns!
3  – As mães são símbolo de amor,
4  – De sacrifício e dores,
1  – Fazemos-lhes, portanto, justiça
3  – Dizendo: “As mães são flores!”
TODOS – Ó mães queridas, nós vos amamos,
E neste dia vos abraçamos.
Ao Deus bendito por vós rogamos
Que vos dê vida por muitos anos!

5 – Mãe, A mulher imortal
Execução: 6 leitores

1-2-3 – A mulher se integrou completamente
5-6  – em todas as funções da vida moderna:
4  – é cientista, astronauta, e é docente.
Todos – Lidares tantos que ninguém reprova!
1  – Sendo estadista ou como tenente,
2  – ela passa em todas as provas!
3  – Em tudo se mostra eficiente,
Todos – e assim o seu valor comprova!
2-4 – Mas não é esse o seu troféu mais lindo,
5 – é no lar, sorrindo, ou entre lágrimas,
6 – que a mulher se mostra sem rival!
3 – Na prática do amor, com singeleza,
1-3-5 – ela, sem mal, alcança o destaque da nobreza:
Todos – Torna-se MÃE, a mulher imortal!
Fonte: https://dicas.gospelmais.com.br/top-5-jograis-para-o-dia-das-maes.html

     

Ver comentários

    

Bons negócios

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Não perca

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...